Lallybroch: Diana comenta a entrevista dada por Ron Moore sobre o episódio 15
21 maio 2015

Diana comenta a entrevista dada por Ron Moore sobre o episódio 15



Diana Gabaldon fez um comentário sobre as mudanças no episódio 15 em relação ao livro e também a respeito da metáfora sobre a crucificação, citada na entrevista dada por Ron Moore, que você pode ler aqui. Leia a tradução na íntegra do comentário feito pela autora abaixo.
O artigo contém spoilers do episódio 15 de Outlander.

Humm. Se eles não sabiam que o imaginário de Cristo era intencional, não leram muito do que eu falei sobre os livros ao longo dos últimos 25 anos. Talvez eles só quisessem ter um ponto quando viram as imagens da história e jogaram, e isso é bom.

Eu ri sarcasticamente da última linha de Ron. Não me refiro aos detalhes de todas as discussões de conteúdo que eu tenho com eles, mas no que diz respeito a esse episódio em particular... Depois da sequência do enforcamento (que eu gostei muito), ela começou com uma sequência que era absolutamente equivocada no que diz respeito à natureza de Jack Randall, envolvendo a fazer algo completamente ridículo, algo que ele nunca faria.

Eu sou normalmente muito educada sobre as coisas que diferem dos livros; às vezes eu aponto por que isso ou aquilo pode ser mais consistente com a fonte, se for ajustado um pouco, e na maioria das vezes se não for notório eu só cerro os dentes e espero que saia bem na tela.

Em geral, isso funciona. Vários dos desvios são coisas que eu realmente gostei ou aprovei, e nove em cada dez vezes, se eu comentar sobre algo que parece errado para mim, eles fazem algo para atender o meu questionamento. É uma boa relação de trabalho.

Isso, embora... era vital que esse episódio desse certo, e o que foi sugerido teria feito cada leitor dos livros se sentar e dizer "O QUEEEEE!?" Então eu falei com muita força, e houve uma semana ou algo assim de protestos. Eles finalmente tiraram a cena que eu não gostei completamente, e escreveram uma diferente, que ao mesmo tempo era diferente do livro, mas aceitável, como estando dentro do personagem de Jack Randall. (E foi algo que eu pensei que Tobias poderia ajustar, na ocasião, sacando o diálogo para chegar onde ele achasse que poderia ir. Eu sei que Tobias se sente tão possessivo sobre o capitão Randall como eu, então eu confiei nele para lidar com quaisquer problemas remanescentes, e ele fez isso.)

Isso é o que Ron quis dizer com seu comentário diplomático, não que eles chegaram a argumentar comigo a maneira deles de pensar, mas que eu aceitei um ajuste (a única vez que aceitei) e eles gentilmente fizeram algo com que todos nós poderíamos conviver. Resultado, um episódio realmente brilhante.






Fonte: Compuserve / Tradução Outlander Brasil

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Sim, mas qual foi o ponto do embate? Ela não disse?

    ResponderExcluir
  2. Não, acredito que ela não quis causar muita polêmica também... pelo que vi, foi somente a questão da personalidade de Randall

    ResponderExcluir

Lallybroch - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2016