“Momento mais íntimo” entre Jamie e Claire em Outlander ainda está por vir

by - abril 23, 2020

Sam Heughan explica que o “momento mais íntimo” entre Jamie e Claire em Outlander ainda está por vir

Ele também deu algumas dicas sobre o final da temporada.

Aviso: este post contém spoilers da quinta temporada de Outlander.

Se eu aprendi alguma coisa assistindo Outlander, é que eu nunca sei exatamente o que acontecerá no seriado - e eu li, com certa dificuldade, a série de oito livros em que ele se baseia antes do seriado ser exibido. Pôr a conversa em dia com Sam Heughan, que interpreta Jamie Fraser, confirma que estudar A Cruz de Fogo não preparou os fãs para as reviravoltas dramáticas durante a quinta temporada de Outlander. Só para constar, Sam não se importa de brincar com nossas emoções.

Considere as consequências do cliffhanger do episódio sete. Em “A Balada de Roger Mac”, o genro de Jamie, Roger MacKenzie, é confundido com um membro da milícia dos Reguladores e enforcado. Descobrimos no próximo episódio que Roger sobrevive, mas os fãs que sabiam que isso aconteceria mesmo assim ficaram arrasados. “Adorei ver as pessoas ficarem tão bravas e pensarem que matamos Roger”, diz Sam rindo. “Eles diziam: ‘Vocês realmente o mataram? Ele sobrevive nos livros! O que vocês fizeram?!’ É ótimo saber que ainda podemos provocá-las e brincar com as expectativas delas”.
Isso foi há dois episódios atrás, e o clã Fraser já está lidando com novos obstáculos. Jamie já passou por isso na quinta temporada: proteger sua família nas colônias da Carolina do Norte significou ter que lutar temporariamente ao lado do Exército Britânico - uma traição moral tendo em vista as raízes de montanhês escocês de Jamie - e assistir seu tio Murtagh morrer na Batalha de Alamance. Justamente quando os espectadores acharam que Jamie estava a salvo, ele quase morreu de uma picada de cobra venenosa no episódio nove.



Quase tudo é perigoso em 1771, quando a atual temporada de Outlander acontece. Mas a nova ameaça à vida de Jamie “na realidade, surge do nada”, diz Sam.
“Jamie sempre coloca seu corpo em risco e ele é muito consciente de sua força e coragem. Assim, quando ele é picado pela cobra, ele, na realidade, não está muito preocupado, mas a situação piora rapidamente, e Jamie se depara com sua própria mortalidade.”
Ver a ferida de Jamie ficar infeccionada e apodrecer é ruim; ver a tentativa fútil de Claire de curá-lo na Colina Fraser é profundamente doloroso. No clímax do episódio, Jamie quase sucumbe à doença causada por sua ferida. Sofrendo com febre, ele pede que Claire o toque. Esse toque de alguma forma lhe dá força para permanecer vivo. “Eu sabia que você era a única coisa que poderia me trazer de volta”, diz ele.


Admito que é um desvio espiritual tendo em vista os métodos usuais de Claire como curandeira residente de Outlander. Assim, pedi a Sam Heughan para explicar o que realmente está acontecendo aqui.

“O que queríamos fazer era mostrar isso através do toque dela - acho que ela tem essa habilidade, não diria que é mágica, mas talvez seja”, diz ele. “Ela tem essa capacidade de curar com as mãos e o corpo. Acho que são o amor e a presença dela que definitivamente o trazem de volta do precipício.”


É a segunda vez que a força do amor entre Jamie e Claire salva a vida de Jamie. “Eu sempre senti que o mesmo aconteceu com ele antes, no campo de batalha em Culloden [na terceira temporada]”, explica Sam. “Ele meio que deu um último suspiro e teve um vislumbre da vida após a morte, mas no final eu acho que ele viu Claire.”


O vínculo entre Jamie e Claire é tão poderoso nessas cenas, Sam afirma que o momento que salvou a vida do casal leva os espectadores a lugares onde suas cenas mais quentes de sexo não conseguiram levar. “Para mim, é provavelmente o momento mais íntimo que tivemos por um bom tempo”, diz ele. 

“Mas não é o sexo entre eles, é algo mais profundo do que isso. É difícil encontrar uma nova maneira de mostrar e expressar isso, e é isso, com certeza, o que Caitriona [Balfe, que interpreta Claire] e eu defendemos para que acontecesse nessas cenas."



Íntimo, sim. Um substituto para a cena do casamento da primeira temporada? Não necessariamente. Mas vislumbres como esse se tornarão mais comuns agora que a família de Jamie e Claire (e os outros membros de sua grande família, assim como os inquilinos na Colina Fraser) estão tomando grande parte do seu tempo a sós. “Eu acho que você vê uma nova sensibilidade e intimidade entre Jamie e Claire que não é o que você acha que vai ser. Se, pelo menos, o tempo permitisse que eles ficassem juntos! Então provavelmente exploraríamos mais isso.


E as implicações semi-sobrenaturais das habilidades de cura de Claire e o contato de Jamie com a vida após a morte? “Para ser sincero, acho que ainda há coisas a serem reveladas. Eu meio que sei secretamente o que é, mas isso será revelado pela Diana [Gabaldon, a criadora da série]nos próximos livros e nas próximas temporadas,” diz Sam. “Por enquanto, Jamie escolheu permanecer aqui neste planeta com Claire e eles precisam um do outro.


Ainda restam três episódios nesta temporada, tempo suficiente para Outlander tocar nossos corações como o violão de Roger Mac. O vilão Stephen Bonnet ainda está à solta, e Jamie não descansará até que ele esteja a sete palmos do chão. Fãs aficionados do seriado sabem se Jamie conseguirá; Sam me diz que, independentemente disso, os momentos mais emocionantes da temporada foram reservados para o episódio final. 


“Acho que as pessoas que leram os livros sabem o que vai acontecer, mas mesmo essas pessoas vão se surpreender com a forma como ele foi filmado e com a nossa abordagem, diz Sam. “Jamie e Claire definitivamente vão precisar um do outro nos próximos episódios, e, com certeza, o episódio final será bem difícil para os dois.” Espero que possamos lidar com isso.



Artigo original por Halie LeSavage (Glamour) Traduzido pela equipe Outlander Brasil



You May Also Like

0 comentários