Lallybroch: Artigo Traduzido: Os atores de Outlander, Sam Heughan e Tobias Menzies, falam sobre a cena de estupro.
02 março 2016

Artigo Traduzido: Os atores de Outlander, Sam Heughan e Tobias Menzies, falam sobre a cena de estupro.


A dupla, que interpreta Jamie Fraser e Black Jack Randall na série, falou sobre as cenas arrasadoras da primeira temporada e como eles se prepararam para elas.  Foram estas cenas arrasadoras que enviaram ondas de choque pela comunidade de Outlander.

Os dramáticos episódios finais da primeira temporada da série sobre viagem no tempo mostrou Black Jack Randall torturar e abusar sexualmente de Jamie Fraser em uma cela na prisão.

A performance dos atores Tobias Menzies e Sam Heughan no episódio, Wentworth Prison, levou Tobias a ser indicado ao Globo de Ouro, ao mesmo tempo que houve muita gritaria pelo ator escocês Sam Heughan ser ignorado.

E diante do retorno da série em abril, a dupla falou sobre as cenas angustiantes e psicologicamente desafiantes e como eles se prepararam para elas.

Sam, que interpreta Jamie na série da Starz, revelou que eles “abordaram como se fosse em uma peça”, por causa do passado no teatro de ambos e fizeram “alguns ajustes necessários”.

Ele contou a Entertainment Weekly: “Não é sobre estupro. Não é, de forma alguma, sobre o ato em si. É sobre dois homens batalhando com suas vontades de derrotar um ao outro. Obviamente, Claire está envolvida nisto, então é sobre honra. É sobre o mundo de um homem e essa batalha que vem acontecendo entre esses dois personagens desde o primeiro dia quando Black Jack Randall começou essa batalha sem fim. É meio que épico e continua ao longo da segunda temporada.

Tobias revelou que os dois “ficaram silenciosos entre as tomadas”, mas tiveram “uma grande confiança” após a quantidade de tempo trabalhando um com o outro.

Ele disse também que o sentimento de Jack por Jamie é de intriga em vez de ódio e o abuso arrepiante teve “um tipo de qualidade sadista”.

O ator inglês disse: “Uma das coisas que acabamos decidindo foi que Jack desemaranhasse Jamie de alguma forma. Ele intui que Jamie é construído sobre Claire. Ela é o lugar seguro de Jamie.



Naquela cena, quando Jack está meio que inclinando sobre ele, tentando atingi-lo, Jamie está dizendo o nome de Claire. É aí que Jack entende que essa é a pessoa que ele tem que contaminar. É tudo sobre, de alguma forma estranha, incorporar Claire. Se ele puder envenenar aquele relacionamento, então ele pode enfraquecer quem Jamie é de uma forma muita profunda.

A autora de Outlander, Diana Gabaldon, recentemente, discutiu os eventos dramáticos e admitiu que a cena não fosse “de forma alguma gratuita”. Mas ela acredita que a televisão amadureceu para lidar com “tipos de materiais muito emocionalmente honestos e emocionalmente complexos”.

Diana contou a RadioTimes: “É apenas um livro muito longo e muito complexo. É muito honesto e honestamente, vinte anos atrás, ninguém poderia ter feito algo assim na tela. Então, de certa forma, é o resultado da televisão ter amadurecido ao ponto onde possa assumir esse tipo de material muito emocionalmente honesto e emocionalmente complexo.

Ela acrescentou: “Eles filmaram essas cenas, praticamente, retiradas direto do livro- as cenas da prisão e em diante e no livro vão construindo esse conflito o qual é, na verdade, um triângulo, você poderia dizer, entre Claire, Jamie e Black Jack Randall e você o vê se desenvolvendo, as dimensões e aspectos, através da história toda.”


Artigo original / Tradução Outlander Brasil


Comentários via Facebook

13 comentários:

  1. Terminei a primeira temporada ontem à noite e juro que ainda estou tentando digerir a violência imposta a Jamie por Randall, mas concordo que a violência não foi gratuita, pelo contrário, o estupro naquela época, como ainda nos dias de hoje creio, trata-se de um meio cruel de subjugar alguém; de estilhaçar não só o físico, mas o psicológico da vítima como meio de se mostrar superior a ela. O fato é que a recusa de Jamie em ser subjugado por Randall lhe deu um combustível a mais para toda aquela violência. Penso, inclusive, que Randall não se viu totalmente vitorioso uma vez que a presença de Claire, para Jamie, serviu como porto seguro para que ele passasse por toda aquela situação, tanto que o Randall tenta fazer-se passar-se por ela para quebrar o alicerce ao qual Jamie está sustentado...
    Enfim, sem palavras para tentar explicar a magnitude do amor de Jamie por Claire e vice-versa... A cena do estupro é forte? Muito, mas no final Randall não tem aquilo que tanto almeja que é a destruição de Jamie e isso é o que importa!

    ResponderExcluir
  2. A cena é forte. A agonia é sentida por todos os que assistirem à cena. Ouso dizer que o trauma é infringido a quem quer tenha acompanhado a série até àquele momento, e tenha simpatia pelo protagonista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definiu o que eu senti: agonia. Queria que aquilo acabasse a todo custo.

      Excluir
    2. Definiu o que eu senti: agonia. Queria que aquilo acabasse a todo custo.

      Excluir
  3. Sim, muito forte, em determinado momento estava torcendo para que aquele episódio acabasse logo, sofri com Jamie, e passei a odiar ainda mais Black, no entanto a interpretação foi genial.

    ResponderExcluir
  4. Estou assistindo novamente a série pq apresentei para a minha irmã hj, ela começou a assistir desde o meio dia de hj e está no terceiro episódio, mas confesso que quando vejo o Randall da nojo, quando chegar essa parte não viu acompanhar com ela, ela tá presa aqui na tela do Pc assistindo, eu avisei que era viciante....hahahhaha

    ResponderExcluir
  5. Estou assistindo novamente a série pq apresentei para a minha irmã hj, ela começou a assistir desde o meio dia de hj e está no terceiro episódio, mas confesso que quando vejo o Randall da nojo, quando chegar essa parte não viu acompanhar com ela, ela tá presa aqui na tela do Pc assistindo, eu avisei que era viciante....hahahhaha

    ResponderExcluir
  6. Pelo amor de Deus! Que cena forte, fiquei em estado de choque com o estupro sofrido pelo Jaime. E surpresa com a cena que ele parece gostar da transa pensando na Clair.

    ResponderExcluir
  7. Pelo amor de Deus! Que cena forte, fiquei em estado de choque com o estupro sofrido pelo Jaime. E surpresa com a cena que ele parece gostar da transa pensando na Clair.

    ResponderExcluir
  8. Quem não se encanta com um amor capaz de se regenerar por cima de alicerces destruídos? Estou muito satisfeita em ver uma estória tão bem contada pela televisão. Cada vez que recebo um "soco" na boca do estômago, durante o desenrolar da narrativa, mais eu fico admirada com um roteiro tão bem realizado na TV. Sim, porque o livro é o livro, um santuário de páginas na qual cada palavra é composta para nos enredar, exatamente como uma teia de aranha. Estou me sentindo como a mosca presa na seda, querendo libertar-se e ao mesmo tempo querendo ser devorada para acabar logo com a angústia. A espera da conclusão é enervante, desgastante... Diana Galbadon é muito esperta, excelente contadora de estórias....

    ResponderExcluir
  9. Não superei a o episódio final da série e nem sei se for superar, chorei de verdade mas o parzer q me pareceu o Jamie sentir mesmo por estar pensando na Clarie me deixou enjoada e um tanto decepcionada, não sei se consigo proseguir, a Clarie perdoou eu não!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sentir prazer na violência sofrida foi o modo dele ressignificar a dor, não era o BJ ali, mas a Claire. Pra mim isso foi muito intenso emocionalmente, principalmente pq se caracterizou numa derrota ao BJ que tinha por intuito causar apenas dor. Jamie não sabia se iria sobreviver, se BJ iria poupa-lo ou muito menos se voltaria a ver a Claire, ou seja, a dor, violência e possível morte foram ressignificadas

      Excluir
  10. Deprimente ... um homem tão bom sofrer tanto .... fiquei decepcionada e triste com o desenrolar da história.

    ResponderExcluir

Lallybroch - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2016